quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Muito Obrigada!!!







Aniversário, Viva!!!




Cinco Coisas que Aprendi com o Lápis...

O menino olhava a avó escrevendo uma carta.
A certa altura, perguntou:
- Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco?
E por acaso, é uma história sobre mim?
A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
- Estou escrevendo sobre você, é verdade.
Entretanto, mais importante do que as palavras,
é o lápis que estou usando.
Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.
O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
- Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!
- Tudo depende do modo como você olha as coisas.
Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las,
será sempre uma pessoa em paz com o mundo.

"Primeira qualidade:
Você pode fazer grandes coisas,
mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos.
Esta mão nós chamamos de Deus,
e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade".


"Segunda qualidade:
De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo,
e usar o apontador.
Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final,
ele está mais afiado.
Portanto, saiba suportar algumas dores,
porque elas o farão ser uma pessoa melhor."


"Terceira qualidade:
O lápis sempre permite que usemos uma borracha
para apagar aquilo que estava errado.
Entenda que corrigir uma coisa que fizemos
não é necessariamente algo mau, mas algo importante
para nos manter no caminho da justiça".


"Quarta qualidade:
O que realmente importa no lápis não é a madeira
ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro.
Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você."


"Finalmente, a quinta qualidade do lápis:
ele sempre deixa uma marca.
Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida,
irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação".

Paulo Coelho


Se seguirmos os ensinamentos de Jesus,
e deixá-lo cuidar do "Lápis" que somos,
com certeza, a solidão e o vazio,
não terão espaço em nossas vidas!
 

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Descobri o que me faz engordar.......

É o shampoo!!!... No rótulo está escrito:  "Para dar corpo e volume".  
Agora vou só usar detergente de louça - o rótulo diz:   "Elimina até as gorduras mais difíceis" .

Li em: http://institutopedrocozzi.blogspot.com


  

domingo, 25 de setembro de 2011

Dois Anjos...


Dois anjos viajantes pararam para passar a noite na casa de uma família muito rica. A família foi rude e recusou aos anjos o pernoite no quarto de hóspedes da mansão. Foi-lhes oferecido o porão.

Ao fazerem sua cama no chão frio o anjo mais velho viu um buraco na parede e o consertou. Quando o anjo mais novo perguntou porque, o anjo mais velho respondeu: "As coisas nem sempre são o que parecem ser".

Na noite seguinte os dois foram buscar repouso na casa de um casal de fazendeiros muito pobre, mas muito hospitaleiro. Depois de dividir com eles o pouco alimento que tinham os anjos puderam dormir na cama do casal e repousar bem por uma noite. Quando o sol nasceu na manhã seguinte os anjos acharam o casal chorando muito. Sua única vaca, de cujo leite tiravam o seu único sustento, estava estendida morta no chão.

O anjo mais novo ficou enfurecido e perguntou ao mais velho: "Como você pode deixar isto acontecer? O primeiro homem tinha tudo e ainda assim você o ajudou, retrucou acusando-o. A segunda família tinha pouco mas estava disposta a dividir tudo e você deixou que a vaca deles morresse".

"As coisas nem sempre são o que parecem ser", o anjo mais velho retrucou.

Quando estávamos no porão, disse o anjo mais velho, eu percebi que havia ouro estocado no buraco da parede. Como o proprietário era tão obcecado e ganancioso e incapaz de dividir sua fortuna, eu lacrei a parede para que ele não pudesse achá-lo. Na noite passada quando dormimos na cama dos fazendeiros o anjo da morte veio buscar a esposa dele, e eu lhe dei a vaca no lugar dela. "As coisas nem sempre são o que parecem ser".

Às vezes isto é exatamente o que acontece quando as coisas não se desenrolam como esperamos. Se você tem fé, só precisa acreditar que tudo o que acontece é em seu benefício. Você não saberá de imediato, mas certamente descobrirá isto mais tarde.
Desconheço Autoria
Li em:  http://www.mensagensangels.com.br


Palavra do Senhor:
" alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;" Romanos 12.12
Deus em sua infinita sabedoria sempre tem o melhor reservado para nós! Sejamos pacientes! Não sei pelas lutas que tens passado, mas o Senhor que sonda todos os corações, conhece o seu e sabe de todas as suas necessidades. Seja paciente! "Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará."Salmos 37.5
Que sua semana seja muito abençoada!
 

A Tartaruga Tagarela...


Era uma vez uma tartaruga que vivia num lago com dois patos, muito seus amigos. Ela adorava a companhia deles e conversava até cansar. A tartaruga gostava muito de falar. Tinha sempre algo a dizer e gostava de se ouvir dizendo qualquer coisa.

Passaram muitos anos nessa feliz convivência, mas uma longa seca acabou por esvaziar o lago. Os dois patos viram que não podiam continuar morando ali e resolveram voar para outra região mais úmida. E foram dizer adeus à tartaruga.

- Oh, não, não me deixem! Suplicou a tartaruga. - Levem-me com vocês, senão eu morro!

- Mas você não sabe voar! - disseram os patos. - Como é que vamos levá-la?

- Levem-me com vocês! Eu quero ir com vocês! - gritava a tartaruga.

Os patos ficaram com tanta pena que, por fim, tiveram uma idéia.

- Pensamos num jeito que deve dar certo - disseram - se você conseguir ficar quieta um longo tempo. Cada um de nós vai morder uma das pontas de uma vara e você morde no meio. Assim, podemos voar bem alto, levando você conosco. Mas cuidado: lembre-se de não falar! Se abrir a boca, estará perdida.

A tartaruga prometeu não dizer palavra, nem mexer a boca; estava agradecidíssima! Os patos trouxeram uma vara curta bem forte e morderam as pontas; a tartaruga abocanhou bem firme no meio. Então os patos alçaram vôo, suavemente, e foram-se embora levando a silenciosa carga.

Quando passaram por cima das árvores, a tartaruga quis dizer: "Como estamos alto!" Mas lembrou-se de ficar quieta.

Quando passaram pelo campanário da igreja, ela quis perguntar: "O que é aquilo que brilha tanto?" Mas lembrou-se a tempo de ficar calada.

Quando passaram sobre a praça da aldeia, as pessoas olharam para cima, muito espantadas.

- Olhem os patos carregando uma tartaruga! - gritavam. E todos correram para ver.

A tartaruga bem quis dizer: "E o que é que vocês tem com isso?"; mas não disse nada. Ela escutou as pessoas dizendo:

- Não é engraçado? Não é esquisito? Olhem! Vejam!

E começou a ficar zangada; mas ficou de boca fechada. Depois, as pessoas começaram a rir:

- Vocês já viram coisa mais ridícula? - zombavam.

E aí a tartaruga não agüentou mais. Abriu a boca e gritou:

- Fiquem quietos, seus bobalhões...!

Mas, antes que terminasse, já estava caída no chão. E acabou-se a tartaruga tagarela.

Moral da história: Há momentos na vida que é melhor ficar de boca fechada
.
Desconheço Autoria
Li em:http://www.otimismoemrede.com



 

sábado, 24 de setembro de 2011

A Bolacha...



Era uma vez uma moça que estava à espera de seu vôo, na sala de embarque de um grande aeroporto.

Como ela deveria esperar por muitas horas, resolveu comprar um livro para matar o tempo. Comprou, também, um pacote de bolachas.

Sentou-se numa poltrona, na sala VIP do aeroporto, para que pudesse descansar e ler em paz. Ao seu lado sentou-se um homem.

Quando ela pegou a primeira bolacha, o homem também pegou uma. Ela se sentiu indignada, mas não disse nada.

Apenas pensou : "Mas que cara de pau ! Se eu estivesse mais disposta, lhe daria um soco no olho para que ele nunca mais esquecesse!!!"

A cada bolacha que ela pegava, o homem também pegava uma. Aquilo a deixava tão indignada que não conseguia nem reagir. Quando restava apenas uma bolacha, ela pensou:

"Ah. O que será que este abusado vai fazer agora?" Então o homem dividiu a última bolacha ao meio, deixando a outra metade para ela. Ah!!! Aquilo era demais !!! Ela estava bufando de raiva ! Então, ela pegou o seu livro e as suas coisas e se dirigiu ao local de embarque.

Quando ela se sentou, confortavelmente, numa poltrona já no interior do avião olhou dentro da bolsa para pegar uma caneta, e, para sua surpresa, o pacote de bolachas estava lá... ainda intacto, fechadinho !!!

Ela sentiu tanta vergonha! Só então ela percebeu que a errada era ela sempre tão distraída! Ela havia se esquecido que suas bolachas estavam guardadas, dentro da sua bolsa....

O homem havia dividido as bolachas dele sem se sentir indignado, nervoso ou revoltado, enquanto ela tinha ficado muito transtornada, pensando estar dividindo as dela com ele.

E já não havia mais tempo para se explicar... nem para pedir desculpas!

Quantas vezes, em nossa vida, nós é que estamos comendo as bolachas dos outros, e não temos a consciência disto?

Antes de concluir, observe melhor!

Talvez as coisas não sejam exatamente como você pensa!

Não pense o que não sabe sobre as pessoas.

Existem quatro coisas na vida que não se recuperam:

- a pedra, depois de atirada;

- a palavra, depois de proferida;

- a ocasião, depois de perdida;

- e o tempo, depois de passado".

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

A Janela...



Dois homens, ambos gravemente doentes,estavam no mesmo  quarto de hospital.
      Um deles, podia sentar-se na sua cama durante uma hora, todas as
tardes, para que os  fluidos  circulassem nos seus pulmões.
A sua cama estava junto da única janela do quarto.
      O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas.
      Os homens conversavam horas a fio.
      Falavam das suas mulheres e famílias, das  suas casas, dos seus empregos,  onde tinham
      passado as férias...  E  todas as  tardes, quando o homem da cama perto da janela
      se sentava, ele passava o tempo a  descrever ao seu companheiro de quarto, todas as coisas
      que ele conseguia ver do lado de fora da janela.
      O homem da cama do lado começou a viver à espera desses
      períodos de uma hora,
 em que o seu mundo era alargado e
      animado por toda a 
atividade e cor do mundo do
 lado de fora da janela.
    A  janela dava para 
um parque com um lindo lago. Patos e
      cisnes chapinhavam na água enquanto as crianças
      brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados
      caminhavam de braços dados por entre as flores de todas
      as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam
      a paisagem, e a tênue vista da silhueta da cidade podia
      ser vista no horizonte.
      Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto
      tudo com  extraordinário pormenor, o homem no outro
      lado do quarto  fechava os seus olhos e imaginava a
      pitoresca cena.
      Um dia, o homem perto da janela descreveu um  desfile que  ia a
passar. Embora o outro  homem
      não   conseguisse    ouvir a banda, ele  conseguia vê-la e ouvi-la na
      sua  mente, enquanto o outro senhor a refratava através
      de palavras bastante descritivas. Dias e semanas
      passaram.
      Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou
      o  corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente  enquanto dormia.                 
      Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o  corpo.
      Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem  perguntou se podia ser colocado na cama
      perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca. Depois de
      se certificar de que o homem estava bem instalado, a  enfermeira deixou o quarto.
      Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu- se, apoiado no cotovelo, para
      contemplar o mundo lá fora. Fez um  grande  esforço e  lentamente olhou para o lado de
      fora da janela... que  dava, afinal, para uma parede de tijolo!
      O homem perguntou à enfermeira o que teria  feito com que o seu falecido
      companheiro de quarto, lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da  janela.  
      A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer   conseguia
      ver a parede. "Talvez ele quisesse apenas dar-lhe  coragem...".

    
     
Moral da História:

     
Há uma felicidade  tremenda  em fazer  os outros felizes, apesar dos
nossos próprios problemas.
      A dor  partilhada é  metade da tristeza,
      mas a felicidade, quando partilhada, é  dobrada.  Se  queres sentir-se rico,
      conta todas as coisas  que  tens que o dinheiro não pode comprar.
      "O dia de hoje  é uma dádiva de vida que DEUS nos concede", as vezes
para que possamos de alguma forma
      ajudar a alguém necessitado, fazendo assim, um pouco do trabalho de DEUS.
      A origem desta história é desconhecida, mas ela  nos dá uma lição da qual não devemos  esquecer,
      pois muitas vezes esperamos a perfeição para sermos felizes, sendo que a felicidade muitas vezes
      se encontra nas pequenas e simples coisas da vida.

      Agora compartilhe esta experiência com seus amigos.


      DEUS TE ABENÇOE!

Desconheço Autoria
Li em: http://www.reflexaodevida.com.br/mensagensespeciais.htm

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O Vencedor e o perdedor...



O vencedor é sempre parte da solução;
O perdedor é sempre parte do problema;

O vencedor sempre tem um plano;

O perdedor sempre tem uma desculpa;


O vencedor diz: "deixe-me ajudá-lo";

O perdedor diz: "este não é o meu trabalho";

O vencedor vê uma resposta para todo problema;

O perdedor vê um problema em toda resposta;

O vencedor vê sempre uma luz no meio da escuridão;

O perdedor vê sempre escuridão no meio de toda luz;

O vencedor diz: "é difícil mas é possível';

O perdedor diz: 'pode ser possível mas é muito difícil'.

POR TUDO ISSO, SEJA UM VENCEDOR!!!!


Maior Vencedor do Mundo: JESUS!
Ele venceu a morte e pode de dar a vida eterna, basta dizer sim para Ele e crer que Ele é o único e suficiente salvador de nossas vidas!
JESUS te ama e te quer ao lado Dele!

  

domingo, 18 de setembro de 2011

Filha de Ateus...

Havia um casal de ateus que tinha uma filha. Os pais jamais lhe falaram de Deus.

Uma noite, quando a menina tinha cinco anos, seus pais brigaram e o pai atirou em sua mãe. Em seguida se suicidou.Tudo isto diante da menininha.


Ela foi enviada a um lar adotivo. Sua nova mãe levou-a a uma
igreja. Nesse dia, a mãe explicou à professora das crianças que a menina jamais havia escutado falar de Jesus e que, por favor, ela tivesse paciência.

A professora apanhou uma figura de Jesus e perguntou a todos: "Alguém sabe quem é essa
pessoa?".

A menininha respondeu: "Eu sei, eu sei, esse é o homem que estava segurando minha mão na noite em que meus pais morreram..."


Se você crê que a menina está dizendo a verdade, mesmo que nunca tenha escutado falar de Jesus e que ele segurava a mão naquela noite, é por que você tem
fé.

" Eu acredito no sol, mesmo quando não ilumina. Eu acredito no
amor, mesmo quando não o sinto. Eu acredito em Deus, mesmo quando permanece calado".

(escrito na parede de um sótão utilizado por Judeus, que se escondiam de nazistas).
 
 
 

sábado, 17 de setembro de 2011

Família, Nosso Maior Bem...



Eu estava correndo e de repente um estranho trombou em mim:

- Oh, me desculpe "por favor", foi a minha reação.


E ele disse:


- Ah, desculpe-me também, eu simplesmente nem te vi!


Nós fomos muito educados um com o outro, aquele estranho e eu. Então, nos despedimos e cada um foi para o seu lado. Mais tarde naquele dia, eu estava fazendo o jantar e meu filho parou do meu lado tão em silêncio que eu nem percebi. Quando eu me virei, tomei o maior susto e lhe dei uma bronca.


- Saia do meu caminho filho!


E eu disse aquilo com certa braveza. E ele foi embora, certamente com seu pequeno coração partido. Eu nem imaginava como havia sido rude com ele.


Quando eu fui me deitar, eu podia ouvir a voz calma e doce de Deus me dizendo:


- Quando falava com um estranho, quanta cortesia você usou! Mas com seu filho, a criança que você ama, você nem sequer se preocupou com isso! Olhe no chão da cozinha, você verá algumas flores perto da porta. São flores que ele trouxe para você. Ele mesmo as pegou; a cor-de-rosa, a amarela e a azul. Ele ficou quietinho para não estragar a surpresa e você nem viu as lágrimas nos olhos dele.


Nesse momento, eu me senti muito pequena. E agora, o meu coração era quem derramava lágrimas. Então eu fui até a cama dele e ajoelhei ao seu lado.


- Acorde filhinho, acorde. Estas são as flores que você pegou para mim?


Ele sorriu,


- Eu as encontrei embaixo da árvore. Eu as peguei porque as achei tão bonitas como você!. Eu sabia que você iria gostar, especialmente da azul.


Eu disse:


- Filho, eu sinto muito pela maneira como agi hoje. Eu não devia ter gritado com você daquela maneira.


- Ah mamãe, não tem problema, eu te amo mesmo assim!!


- Eu também te amo. E eu adorei as flores, especialmente a azul.


Você já parou pra pensar que, se morrermos amanhã, a empresa para qual trabalhamos poderá facilmente nos substituir em uma questão de dias. Mas as pessoas que nos amam, a família que deixamos para trás, os nossos filhos, sentirão essa perda para o resto de suas vidas. E nós raramente paramos para pensar nisso.


Às vezes colocamos nosso esforço em coisas muito menos importantes que nossa família, que as pessoas que nos amam, e não nos damos conta do que realmente estamos perdendo.


Perdemos o tempo de sermos carinhosos, de dizer um "Eu te amo", de dizer um "Obrigado", de dar um sorriso, ou de dizer o quanto cada pessoa é importante para nós.


Ao invés disso, muitas vezes agimos rudemente, e não percebemos o quanto isso machuca os nossos entes queridos.


A família é o nosso maior bem!!!
Desconheço Autoria
Li em: http://www.belasmensagens.com.br
Amei esta mensagem! Resolvi compartilhar com vocês porque ela demonstra o que acontece com a maioria das pessoas. 
Lembre-se: "Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. " I João 4.8
Temos que demonstrar o amor de Deus principalmente para os nossos familiares, pois, na grande maioria das vezes o que eles necessitam é de testemunho de vida e não de palavras, a melhor forma de demonstrar testemunho de vida é irradiando o amor de Deus em todos os nossos atos e com todas as pessoas, principalmente nossos familiares.
   
 

A Face de Deus...



Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus.
Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente.
Um dia encheu sua mochila com pasteis e guaraná e saiu para brincar no Parque.

Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça olhando os pássaros.

O menino sentou-se junto a ele, abriu sua mochila e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel.

O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele ofereceu-lhe seu guaraná.

Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino.

O menino estava tão feliz ! Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pasteis e bebendo guaraná pelo resto da tarde sem falarem um ao outro.

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço ao velhinho. Aí o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido.


Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou ao ver a felicidade estampada em sua face.


O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim?

Ele respondeu:
Passei a tarde com Deus e acrescentou ,
Você sabe, Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi!

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na face, e seu filho perguntou:


Por onde você esteve que está tão feliz?

E o velhinho respondeu:

Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus.

Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou:
Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?
A face de Deus está em todas as pessoas e coisas que são vistas por nós com os olhos do amor e do coração.

Que DEUS abençoe você que está lendo essa mensagem agora!

Fique em PAZ... 
Desconheço Autoria
Li em: http://www.belasmensagens.com.br 
 
 
 
 
 

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Deus Sempre Age Certo...

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma borboleta. Mas Deus lhe deu um cacto e uma lagarta. O homem ficou triste pois não entendeu o porquê do seu pedido vir errado.

Daí pensou: Também, com tanta gente para atender... e resolveu não questionar.

Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixou esquecido. Para sua surpresa, do espinhoso e feio cacto havia nascido a mais bela das flores e a horrível lagarta transformara-se em uma belíssima borboleta.


 


Deus sempre age certo. O seu caminho é o melhor, mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.

Se você pediu a Deus uma coisa e recebeu outra, confie. Tenha a certeza de que Ele sempre dá o que você precisa, no momento certo.


Nem sempre o que você
deseja..., é o que você precisa. Como Ele nunca erra na entrega de seus pedidos, siga em frente sem murmurar ou duvidar.

O espinho de hoje..., será a flor de amanhã !




 

quarta-feira, 14 de setembro de 2011


Palavra do Senhor:

"Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte;
nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa.
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus."
Mateus 5.13-16

  

Sinais de Deus...


Um homem sussurrou: Deus fale comigo.
E um rouxinol começou a cantar
Mas o homem não ouviu.

Então o homem repetiu:

Deus fale comigo!
E um trovão ecoou nos céus
Mas o homem foi incapaz de ouvir.

O Homem olhou em volta e disse:

Deus deixe-me vê-lo
E uma estrela brilhou no céu
Mas o homem não a notou.

O homem começou a gritar:

Deus mostre-me um milagre
E uma criança nasceu
Mas o homem não sentiu o pulsar da vida.

Então o homem começou a chorar e a se desesperar:

Deus toque-me e deixe-me sentir que você está aqui comigo...
E uma borboleta pousou suavemente
Em seu ombro
O homem espantou a borboleta com a mão e desiludido
Continuou o seu caminho triste, sozinho e com medo.
Até quando teremos que sofrer para compreendermos
que Deus está sempre aonde está a vida?

Até quando manteremos nossos olhos e nossos

corações fechados para o milagre da vida que se apresentas
diante de nós em todos os momentos?

 

 Deus em sua imensa misericórdia nos garante o direito de falarmos diretamente com Ele, único intermediário necessário é Jesus, mas como sabemos que Jesus é o próprio Deus filho, estamos falando diretamente com Ele. Jesus diz: " Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." João 14.6
 

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Os Tesouros da Vida são as Pessoas...

Sua presença é um presente para o mundo.
Você é única e só há uma igual a você.
Sua vida pode ser o que você quer que ela seja.
Viva os dias, apenas um de cada vez.
Conte suas bênçãos, não os seus problemas.

Você os superará, venha o que vier.
Dentro de você há muitas respostas.
Compreenda, tenha coragem, seja forte.
Não coloque limites em si mesmo.

Muitos sonhos estão esperando para serem realizados.
As decisões são muito importantes para serem deixadas ao acaso.
Alcance o seu máximo, seu melhor, seu prêmio.
Não leve as coisas tão a serio.
Viva um dia de serenidade e não de arrependimento.
Lembre-se que um pouco de amor dura muito.
Dura sempre! Lembre-se que a amizade é um investimento sábio.

Os tesouros da vida são as pessoas.
Perceba que nunca é tarde demais.
Faça a coisa simples, de uma forma simples.
Tenha saúde.
Viva melhor.

Faça como os passarinhos.
Comece o dia cantando. A música é o alimento para o espírito.
Cante qualquer coisa, cante desafinado, mas cante!
Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo
de bom que a vida tem por oferecer.
Se insistir em não cantar, ao menos ouça muita música
e deixe-se absorver por ela.

Ria da vida. Ria dos problemas. Ria de você mesmo.
Ria das coisas boas que lhe acontecem.
Ria das besteiras que fez. Ria abertamente para que todos
possam se contagiar com a sua alegria.

Não se deixe abater pelos problemas.
Se você se convencer de que está bem,
vai acabar acreditando e se sentindo bem.
O bom humor, assim como o mau humor, é contagiante.
Qual deles você escolhe?

Leia coisas positivas. Leia bons livros, poesias,
pois a poesia é a arte de aceitar a alma.
Pratique algum esporte.
O peso da cabeça é muito grande
e ter que ser contrabalançado com alguma coisa.
Você certamente vai se sentir bem disposta,
mais animada e mais jovem.

Encare suas obrigações com satisfação.
É maravilhoso quando se gosta do que faz.
Ponha amor em tudo o que estiver ao seu alcance.
Quando for fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça.
Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas.
Não deixe as oportunidades que a vida oferece. Elas não voltam.
Nenhuma barreira é intransponível se você estiver disposto a lutar.
Não deixe que os problemas acumulem. Resolva-os logo! Fale.
Converse. Escute. Brigue.

O que mata é o silêncio e o rancor.
Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que você as estima,
as ama, precisa delas, principalmente em família.

Amar não é vergonha. 
Desconheço Autoria
Li em: http://www.belasmensagens.com.br
 

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O Poder de um Sorriso...




Um sorriso não custa nada, mas cria muitas coisas.
Dura só um momento, mas sua lembrança perdura pela vida a fora.
Não se pode comprá-lo, mendigá-lo, pedi-lo emprestado ou roubá-lo.
Não tem utilidade enquanto não é dado.
E por isso se no seu caminho encontrares uma pessoa
por demais cansado para lhe dar um sorriso, deixa-lhe o seu,
pois ninguém precisa tanto de um sorriso quanto
aquele que não tem mais um a oferecer.
Seu sorriso será tão precioso para esta pessoa
que no momento que ela receber, ela sentirá a magia
da felicidade incendiar o seu viver, e ela de gratidão
lhe retornarar um belo e meigo sorriso.
Por isso minha querida amiga, conserve este brilho
de alegria em seu rosto, pois mesmo que você não
perceba através do seu sorriso, você transmite para
as pessoas que caminham ao seu lado forças, alegrias e coragem!

Desconheço Autoria
Li em: http://www.belasmensagens.com.br


Sorria Jesus Te Ama!
 


domingo, 11 de setembro de 2011

Os Olhos de Quem Vê...

Um dia, um pai de família rica, grande empresário, levou seu filho para viajar até um lugarejo com o firme propósito de mostrar o quanto as
pessoas podem ser pobres.

O objetivo era convencer o filho da necessidade de valorizar os bens materiais que possuía, o status, o prestígio social; o pai queria desde
cedo passar esses valores para seu herdeiro.

Eles ficaram um dia e uma noite numa pequena casa de taipa, de um morador da fazenda de seu primo...

Quando retornavam da viagem, o pai perguntou ao filho:

- E aí, filhão, como foi a viagem para você?

- Muito boa, papai.

- Você viu a diferença entre viver com riqueza e viver na pobreza?

- Sim pai! Retrucou o filho, pensativamente.

- E o que você aprendeu, com tudo o que viu naquele lugar tão paupérrimo?

O menino respondeu:

- É pai, eu vi que nós temos só um cachorro em casa, e eles têm quatro.

Nós temos uma piscina que alcança o meio do jardim, eles têm um riacho que não tem fim.

Nós temos uma varanda coberta e iluminada com lâmpadas fluorescentes e eles têm as estrelas e a lua no céu.

Nosso quintal vai até o portão de entrada e eles têm uma floresta inteirinha.

Nós temos alguns canários em uma gaiola eles têm todas as aves que a natureza pode oferecer-lhes, soltas!

O filho suspirou e continuou:

- E além do mais papai, observei que eles oram antes de qualquer refeição, enquanto que nós em casa, sentamos à mesa falando de negócios,
dólar, eventos sociais, daí comemos, empurramos o prato e pronto!

No quarto onde fui dormir com o Tonho, passei vergonha, pois não sabia sequer orar, enquanto que ele se ajoelhou e agradeceu a Deus por tudo,
inclusive a nossa visita na casa deles. Lá em casa, vamos para o quarto, deitamos, assistimos televisão e dormimos.

Outra coisa, papai, dormi na rede do Tonho, enquanto que ele dormiu no chão, pois não havia uma rede para cada um de nós.

Na nossa casa colocamos a Maristela, nossa empregada, para dormir naquele quarto onde guardamos entulhos, sem nenhum conforto, apesar de termos camas macias e cheirosas sobrando.

Conforme o garoto falava, seu pai ficava estupefado, sem graça e envergonhado.

O filho na sua sábia ingenuidade e no seu brilhante desabafo, levantou-se, abraçou o pai e ainda acrescentou:

- Obrigado papai, por me haver mostrado o quanto nós somos pobres!

MORAL DA HISTÓRIA:

Não é o que você tem, onde está ou o que faz, que irá determinar a sua felicidade; mas o que você pensa sobre isto! Tudo o que você tem, depende da maneira como você olha, da maneira como você valoriza. Se você tem amor e sobrevive nesta vida com dignidade, tem atitudes positivas e partilha com benevolência suas coisas, então... Você tem tudo!

Desconheço Autoria
Li em: http://www.belasmensagens.com.br
 
Podemos resumir esta história assim:
O pouco com Deus é muito, mas o muito sem Deus não é nada!